Acesso restrito a Candidatos
     
CPF:
 
Senha:
     
Esqueceu sua senha?
 
Notícia
  OS 10 MANDAMENTOS PARA SE DAR BEM NA ENTREVISTA DE EMPREGO
 

Confira um roteiro para ter sucesso na entrevista de emprego e não deixar escapar nenhum detalhe importante durante a conversa com o recrutador:

 

São Paulo – Por mais excelente e atraente que seja, não há currículo que, sozinho, conquiste uma oportunidade profissional. “A entrevista de emprego nunca deixará de existir. Ninguém fecha uma contratação sem a entrevista presencial porque, no fim das contas papel e rede social aceitam tudo”, diz Sergio Sabino, diretor de marketing do Page Group para a América Latina.

 

Ele conta já ter vistos casos de profissionais com bons currículos tropeçarem na hora de encarar o headhunter. “Já vi pessoas com currículos maravilhosos que, no momento da entrevista, se apequenam”, conta.

Para não correr este risco, Sabino selecionou uma série de dicas, a que chama de 10 mandamentos para serem seguidos durante todo o processo que envolve uma entrevista de emprego. Confira:

 

Antes da entrevista

1- Pesquise:

O ponto de partida é o site da empresa. Lá você vai encontrar missão, valores e relatórios oficiais. Procure notícias sobre desempenho passado e tente descobrir planos futuros e avaliações de analistas. Se possível, verifique se algum conhecido trabalha na empresa e converse com ele. “Geralmente esta pesquisa já é feita pelos candidatos a posições executivas que chegam mais preparados e sabendo o que a empresa faz”, diz Sabino.

 

2- Conheça bem o seu currículo:

“Muita gente fica tão focada em pesquisar a empresa que se esquece de estudar sobre si mesma”, lembra Sabino. Portanto, esteja preparado para responder perguntas sobre as passagens profissionais destacadas no currículo. “Muitas vezes o currículo está pronto há um tempo e o candidato tem um discurso ensaiado”, diz Sabino.

Pense em que a sua experiência pode agregar valor à empresa. A partir da descrição da vaga estabeleça uma relação entre a sua bagagem e o que a empresa está procurando.

 

3- Prepare um kit:

Certificados, referências, portfólio, tudo deve estar contigo no momento da entrevista. Assim, caso seja solicitado você não é pego de surpresa. Muito importante também é fazer uma lista de perguntas para fazer ao entrevistador. Não se acanhe. “Inibição é o pior dos mundos”, diz Sabino.

Responsabilidades, motivo da abertura da vaga, o método de avaliação do seu desempenho, a natureza da sua função em relação à estrutura do departamento, se há incentivos para treinamentos adicionais. Tudo isso deve ser esclarecido durante a conversa com o recrutador, assim como quais serão os seus clientes e quais os planos da empresa e os próximos passos.

 

4- Esteja para pronto para responder questões que sempre aparecem:

Fale-me a seu respeito. Quais foram as suas conquistas até agora? Você está satisfeito com sua carreira até agora? Fale-me sobre uma situação difícil que tenha enfrentado.

Quem já foi em pelo menos algumas entrevistas sabe que estas são bem frequentes durante a conversa. Pontos fortes e fracos, o que você não gosta na sua função atual, qual a decisão mais difícil de tomar e o motivo por que você deseja sair da empresa também são aspectos que muitos recrutadores investigam.

“Muitos candidatos escorregam quando precisam apontar defeitos e problemas”, diz Sabino. Não tente se defender, nem acobertar a realidade. “O headhunter quer saber como ele analisa e julga problemas, o que entende por uma decisão difícil, mas muita gente opta por uma resposta evasiva com receio de se comprometer”, diz ele.

 

Durante a entrevista

5- Atente à postura:

O fala e o recrutador entende. Tome cuidado com a linguagem corporal. Cumprimente o headhunter, sorria, mantenha a boa postura. Não se esqueça de manter contato visual.

 

6- Respeite a estrutura:

Assim que chegar, terá um bate-papo introdutório. Em seguida vêm as questões específicas, de sua aplicação até a sua experiência. Informações gerais sobre a empresa e a função podem vir em seguida. No final, há um espaço para a realização de perguntas.

 

7- Ouça as perguntas:

Seja objetivo em relação às suas respostas, mas não monossilábico. “Tem gente que quer responder mais do que é perguntado, usando a pergunta como ‘gancho’ para falar de coisa boas, mas ao fazer isso acaba desviando a atenção do entrevistador”, diz Sabino.

 

8- Coloque as suas questões:

Faça as perguntas que você elaborou antes da entrevista. Demonstre que você fez uma reflexão sobre a posição e que pesquisou a empresa. “Isso é bom porque o recrutador percebe que o candidato está com o foco na mudança e que já está com a cabeça lá dentro da empresa”, diz Sabino.

 

9- Mostre entusiasmo:

Mesmo que haja reservas, mostre-se entusiasmado. Nas próximas etapas você poderá discutir os pontos que lhe desagradam. “Mas o melhor jeito de mostrar o entusiamo é com informações e fazendo as perguntas certas”, diz Sabino.

 

Depois da entrevista

10- Agradeça e coloque-se à disposição:

“Não existe certo e errado, depois da entrevista porque muito vai depender da abertura que foi dada pelo headhunter”, diz Sabino. Mas uma coisa é certa. É educado e promissor agradecer a oportunidade e colocar-se à disposição.

 

Caso tenha sentido uma proximidade com o entrevistador, também é possível buscar um feedback a respeito do seu desempenho durante a conversa. “ Fazer o papel de relacionamento é importante, no mínimo o profissional ganhou um contato novo”, diz Sabino.

 

 

Fonte: www.exame.com.br

 
     
 
Ápice Assessoria, Consultoria e Terceirização Ltda - Rua Cândido Machado, 362 Sala 501- Centro - Canoas/RS - 92010-270
Todos os direitos reservados - 2011